Florais de Saint Germain: Anis e o grande encontro aquariano

Anis, Florais de Saint Germain, florada durante o período do grande encontro aquariano. A sincronidade cósmica se fazendo presente

Estar atento aos sinais, à sincronicidade, é uma atitude que ajuda a nos sentirmos conectados com o Todo, com Cosmos. Afinal, se nossos ritmos biológicos, ditados pela nossa glândula pineal, obedecem ao dia e à noite, ao Sol e à Lua, à luz e à escuridão, como será a influência dos outros astros em nós também?

Entre os dias 11 e 12 (fevereiro 2021), vivemos um grande encontro de astros no céu, no signo de Aquário. Na verdade, ainda estamos vivenciando um “stellium”, na linguagem astrológica. No entanto, nesses dias, Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Júpiter e Saturno estavam todos em Aquário. A mensagem é clara: é hora de apostarmos no novo, nos aventurarmos naquilo que acreditamos para avançarmos…

O grande encontro de fevereiro de 2021 no signo de Aquário envolveu os astros: Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Júpiter e Saturno. Na imagem, o aguadeiro dos deuses, despejando conhecimento e o símbolo do regente de Aquário, Urano

No entanto, esta não é uma tarefa das mais simples. O regente de Aquário, Urano, está num signo teimoso também: Touro, e num aspecto tenso com Saturno. Não está sendo fácil para ele, vencer o ego da humanidade, acostumado a sistemas de crenças arcaicos, separatistas e preconceituosos nas variadas áreas, que levaram o mundo a este caos que estamos vivendo e, ao mesmo tempo, implantar o novo de forma ponderada.

No entanto, é importante lembrar que a descoberta de Urano (1781), regente de Aquário, causou um “rebu” no mundo científico, físico astronômico, e político social da época. 

Em termos científicos, físico-astronômicos, acreditava-se que o nosso sistema solar ia só até Saturno: último planeta visível a olho nu, o que fundamentava um sistema de crença materialista, saturnino, limitante = “ver para crer”.  Que nada!! Apesar de invisível aos nossos olhos, Urano estava lá, para quem tinha um telescópio potente para ver.

Pelo lado político social, a humanidade clamava por Igualdade, Liberdade e Fraternidade: o famoso lema da Revolução Francesa (1789 – 1799).

O sistema solar, como conhecemos atualmente, com os planetas, invisíveis a olho nu, além de Saturno

Mais de duzentos anos depois, como estamos com relação a estes ideais e sistemas de crença científicos?  Você ainda é daqueles que só confiam naquilo que pode ver, tocar ou medir quantitativamente? Como você se relaciona com o mundo invisível?

Bem, Aquário é o novo, é o não convencional, é a ciência e a tecnologia mas, acima de tudo, é o conhecimento do ser humano como indivíduo em sua totalidade, em sua singularidade, e por tanto, o respeito a nossa diversidade. 

A ciência atual, a física dos séculos XX e XXI, já provou que somos todos UM: ninguém melhor do que o outro, visível e invisível caminhando juntos, ser humano e natureza um só.  A consciência de que somos um com o Todo nos impele a sermos solidários e fraternos em todas as áreas da vida. É chegada a hora de colocarmos esta consciência em prática.

Bem, tudo isso, porque, nesta última semana, as flores do Anis, floral de Saint Germain, começaram a se abrir no meu “pedacinho de céu”. Anis, esta essência que favorece os ajustes entre nossas partes invisível e visível, para que possamos nos lançar na vida sem medo e fazer aquilo que viemos aqui para fazer.

Anis, a essência floral que trabalha os ajustes entre nossas partes invisível e visível, para que possamos nos lançar na vida sem medo, e fazer aquilo que viemos aqui para fazer. Promove arrojo para se soltar na vida.

É hora de caminharmos em direção ao novo!

Observações adicionais – A planta que dá origem ao floral Anis é uma “prima” do manjericão-comum (Ocimum basilicum), família Lamiaceae, gênero Ocimum. Sua classificação botânica está sendo confirmada. Possivelmente, é o popular Manjericão-anis (Ocimum selloi), conhecido também por alfavaca-anis, alfavaca anisada, anis, anis do campo, aniseto, atroveran, alfavaca do mato, originário do Brasil.( https://sabordefazenda.com.br/produto/aniseto/)

Difere totalmente do anis estrelado, Illicium verum, e da Pimpinella anisum embora tenham usos culinários e medicinais semelhantes.

Consulte a agenda de cursos para saber mais!

Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Florais de Saint Germain: Anis e o grande encontro aquariano

  1. Polliana Liebich disse:


    Audácia consciente, necessária, embora confuso aparentemente, entendendores, entenderão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.