2020 – um ano dedicado ao público autista

Minha rápida e inesperada apresentação no Encontro da Associação Britânica de Essências Florais e Vibracionais ficou registrada na edição da primavera de Essence e daria a tônica de todo o meu ano de 2020

Dizem que “Deus escreve certo por linhas tortas”. Definitivamente, creio que este ditado se aplica a todos nós que vivenciamos uma grande reviravolta nos planos que traçamos para o ano de 2020, em função da pandemia do COVID-19. A percepção de que existe algo muito maior, guiando nosso caminho, nunca foi tão clara. Não importa o que tenha sido. Estamos todos sendo redirecionados para o cumprimento do nosso plano divino.

No meu caso, uma temporada prevista de três meses no exterior, para escrita, treinamentos e estudos de campo, foi interrompida bruscamente, em menos de uma semana, com a ameaça do fechamento dos aeroportos, tanto do Brasil como do exterior/Inglaterra. Vivi uma espécie de evacuação de guerra, antecipada por um sonho muito nítido. Com isto, por mais que tenha sido difícil aceitar e acreditar no que estava acontecendo, sabia que teria que voltar para o Brasil, o mais rápido possível. Tampouco teríamos condições de realizar os treinamentos de campo. O mundo estava entrando em “lockdown”. Tanto o Bach Centre como a Healingherbs estavam fechando as portas…

No entanto, minha curtíssima temporada não foi em vão. De tudo que planejei fazer na Inglaterra, terminei fazendo uma coisa que não estava nem prevista e que viria a ser a tônica deste meu ano de 2020 (com certeza, também do restante da minha vida!): fui convidada a falar “de supetão” sobre minha experiência com o uso das essências florais para o público autista, no encontro da Associação Britânica de Essências Florais e Vibracionais (BFVEA), que aconteceu no final de semana, logo em seguida a minha chegada.

Grupo de participantes do encontro da BFVEA, realizado no belo Woodside Conference Centre

Minha fala durou menos de dez minutos. No entanto, foi suficiente para alertar os colegas ingleses sobre a crescente incidência do autismo no mundo e a importância das essências florais como catalisadores para o desenvolvimento maior deste público. Foi emocionante pois, dentre os participantes, havia, pelo menos, cinco pais de crianças autistas, já terapeutas florais, em busca de mais informações sobre o assunto. Depois disto, fiquei rodeada de gente o tempo todo. Deixei o encontro com a promessa de enviar as informações sobre um workshop presencial, que faria sobre o assunto, no início de maio.

Bem, presencial não deu para ser… O fim da minha temporada começou a ser delineado assim que cheguei de volta à casa onde estava hospedada… Europa e Estados Unidos fechando fronteiras, viajantes que não conseguiram embarcar, supermercados com prateleiras totalmente vazias…

Enfim, de volta ao Brasil, e após alguns dias para me recuperar/digerir tudo que eu havia vivenciado neste curto período no exterior, comecei a colocar a cabeça para funcionar…Como poderia ajudar ao próximo sendo idosa/grupo de risco e, ainda por cima, recém chegada do exterior? Como seria o isolamento social para as famílias de autistas, especialmente, as de baixa renda, onde muitas vezes, o espaço é tão limitado?

Antes de embarcar eu havia deixado tudo organizado na AAMPARA para dar continuidade ao tratamento do público lá atendido. Uma nova terapeuta floral, Aline Arboit, havia-se juntado a mim para atender as mães e fazer a ponte entre mim e elas com relação as crianças sob meus cuidados.

No entanto, a AAMPARA também fechou. Os kits de florais ficaram lá. Como iríamos refazer os florais, do público atendido, no período de isolamento? Precisávamos encontrar um jeito de retirar os kits de lá e encontrar um meio seguro de dar continuidade ao atendimento floral. Não podíamos interrompê-lo numa fase tão difícil. Seria possível ajudar outras famílias também?

A preocupação em não interromper o tratamento floral dispensado ao público atendido na AAMPARA, desde 2017, foi o que deu origem ao lançamento da Ação Floral Solidária TEA

Foi quando percebi que era preciso pedir ajuda, juntar parceiros… E aí, numa reunião com Gisele Borges, minha ex-aluna, hoje terapeuta, educadora floral e administradora da farmácia Apparenza, de Curitiba, e Aline Arboit, meu braço direito na AAMPARA, estruturamos a Ação Floral Solidária TEA ( https://cosmosdrops.wordpress.com/acao-floral-solidaria-tea/ )

Após semanas de planejamento e reuniões com as terapeutas florais voluntárias, a Ação Floral Solidária TEA foi lançada no dia 01 de maio.

Os kits da AAMPARA seriam transferidos temporariamente para a farmácia (obrigada, Michele França!!), que se encarregaria de preparar as fórmulas florais indicadas pelos terapeutas. A continuidade do serviço de Terapia Floral prestado de forma gratuita para a AAMPARA estava garantida. Por outro lado, a generosidade dos proprietários da farmácia, nos permitiu estender o tratamento floral, com valores mínimos, a outras famílias de autistas também, , que buscaram ajuda dos terapeutas da ação.

E o workshop que eu daria na Inglaterra? Bem, este foi só sobre os Florais de Bach, em função de sua maior representatividade no mundo. Foi realizado on-line, via plataforma zoom, com a parceria de Solange Carneiro (Land of Reiki & Aroma) juntando terapeutas de diferentes países: Índia, Islândia, Suécia e Reino Unido. Dentre estes, vários são practitioners pelo Bach Centre, incluindo uma professora de nível três, além de algumas colegas que estavam presentes no encontro da BFVEA.

O workshop que seria presencial, terminou vindo para o formato on-line e reuniu terapeutas florais de diferentes países – uma iniciativa pioneira para o público de língua inglesa. Um marco para ancorar esta vertente do legado do Dr. Edward Bach para o futuro

Possivelmente, este workshop foi o primeiro na língua inglesa a abordar este tema – um grande marco deste ano de 2020, promovendo esta vertente do legado do Dr. Bach.

Superamos a interferência de um vendaval que atingiu o Sul do Brasil, num dos dias e, creio que, também a resistência por parte de terapeutas de aplicarem o conceito de liberdade na obra do Dr. Bach. Só tenho a agradecer a todos que participaram e, especialmente, à Sol, Solange Carneiro, pela oportunidade de compartilhar minha experiência: compaixão, conhecimento e liberdade caminhando juntas…

Nosso primeiríssimo workshop sobre o uso dos Florais de Bach para o público autista reuniu terapeutas de diferentes países: Suécia, Índia, Islândia e Reino Unido

Seguem alguns testemunhos:

Well organised and efficient event. A very passionate speaker who shared some interesting perspectives and insight into autism which furthered my understanding of this condition and will help in future contact with these clients.

“Um evento bem organizado e eficiente. Uma palestrante muito apaixonada que compartilhou algumas perspectivas e insights interessantes sobre o autismo que expandiram minha compreensão sobre esta condição e ajudará no contato futuro com esses clientes”

Maggie Evans

Really enjoyed it….. thanks for your experience and inspiration Rosana. Even the wind effects were not too bad, so I didn’t miss anything.

“Eu, realmente, gostei…Obrigada por sua experiência e inspiração, Rosana. Até os ventos não foram tão ruins… de modo que não perdi nada”

Kate Quartermaine

I had an excellent experience with Solange hosting a two days online training. All instructions came through clearly. Despite some technical difficulties, due to weather interference, the training continued with little interruption. Despite the geographical difference between the trainer and the recipients, everything went very smoothly. The content of the training was excellent. I will definitely be returning for more!

“Tive uma excelente experiência com Solange, organizando este treinamento online de dois dias. Todas as instruções vieram claramente. Apesar de algumas dificuldades técnicas, devido à interferência do tempo, o treinamento continuou com poucas interrupções. Apesar da diferença geográfica entre o formador e os participantes, tudo correu muito bem. O conteúdo do treinamento foi excelente. Eu definitivamente voltarei para saber mais!

Emma Nixon

Por outro lado, além das reuniões e supervisões para o time de terapeutas da Ação Floral Solidária TEA, continuei, dentro do meu possível, atendendo os pais que procuraram ajuda via Projeto Jardim Azul. As contribuições que chegaram/chegam para a AAMPARA via o PJA foram/são fundamentais para ajudar a manter as portas abertas da instituição e, em alguns meses, também foram revertidas para a compra de cestas básicas para as famílias mais necessitadas. Sou profundamente grata a algumas mães que decidiram contribuir para a AAMPARA regularmente, e não apenas, por ocasião das mudanças das fórmulas para seus filhos.

Dentro do meu possível, ainda consegui atender algumas crianças via Projeto Jardim Azul

Aproveito para esclarecer que nem sempre dou conta de ver/responder todos os pedidos que me chegam, incluindo pedidos de consultas particulares à distância. Todos os dias, descubro alguém que me enviou uma mensagem por meios que nem sei navegar. Às vezes, descubro mensagens antigas – de meses atrás. Peço desculpas por não chegar a todos e adianto que estou estudando meios de ampliar o atendimento via Projeto Jardim Azul.

Quanto a Ação Floral Solidária TEA, no início deste mês de dezembro fizemos uma “live” para compartilhar seu desempenho. Na verdade, enfrentamos muitos desafios: da oposição por parte de autoridades em autismo, desconhecedores dos princípios e da natureza física dos florais ao comprometimento com o tratamento floral. Veja o vídeo para saber mais: https://youtu.be/-Ae1ukQRSGA

Live da Ação Floral Solidária TEA
Parte do público presente na live

Embora tenhamos alcançado todas as metas traçadas pela ação, ainda há muito o que fazer em termos de informação aos pais e aos demais profissionais que atuam na aérea do autismo. A implantação e a aceitação de um novo paradigma de cura e da abordagem do ser humano em sua totalidade, não se dá de uma hora para outra. É preciso paciência e perseverança.

Esclarecendo o novo paradigma de cura

Ao mesmo tempo, os testemunhos de mães que deram continuidade ao tratamento floral em seus filhos, só nos fazem ter a certeza de que estamos lidando com uma ferramenta complementar maravilhosa para estimular o desenvolvimento do potencial maior do autista de forma segura e natural. Assim, sigamos!

Meu agradecimento especial a todos apoiadores desta ação que viabilizaram a preparação das fórmulas florais em outras cidades/estados contempladas(os):

O uso das essências florais para o público autista é uma prática terapêutica que precisa ser acessível a todos, independente de sua condição financeira. Precisamos colher dados da atuação dos florais nos autistas para que estes possam ser oferecidos de forma igualitária e complementar em ambulatórios e/ou instituições voltadas para este público. A Terapia Floral já faz parte da Política de Práticas Integrativas e Complementares do SUS, no Brasil.  Cabe a nós criar a demanda para este serviço.

Bem, em resumo, 2020 foi o início do resto da minha vida – uma vida cujo propósito maior foi-se configurando aos poucos,  desde o aprendizado de línguas estrangeiras a minha formação em Engenharia Química (invenções)  e na Terapia Floral  – um propósito de levar esperança à famílias de seres sensíveis que vieram para ensinar a humanidade a aceitar/respeitar as diferenças, a ouvir o não dito, a enxergar além do visível e amar infinitamente.

O bom é que a conjunção Júpiter/Saturno em Aquário está aí para que possamos implantar o novo. A Luz sempre vence. Já venceu!

Portanto, que venha 2021, repleto de Luz!

Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.