Heather (Florais de Bach) – uma essência floral chave para o desenvolvimento maior do autista e para a evolução da humanidade

Heather Rosana Souto 3

As pequenas flores de Heather (Calluna vulgaris)

Heather é um dos florais mais impopulares de todo sistema Bach. Ninguém, de bom grado, quer admitir precisar dele, pois: quem gostaria de se ver retratado na descrição abaixo, fornecida pelo próprio Dr. Bach?

HEATHER  (Calluna vulgaris) – Aqueles que procuram a companhia de quem quer que esteja disponível, porque acham necessário discutir seus próprios problemas com os outros, não importa com quem seja. Ficam muito entristecidos se tiverem que ficar sozinhos, seja por quanto tempo for. (grifos meus)

(Edward Bach – Cura-te a ti mesmo)

Por conseguinte, como pensar que esta essência floral poderia ser útil ao autista, quando uma das áreas comprometidas no chamado Transtorno do Espetro do Autismo, é justamente a interação social, incluindo os déficits na comunicação verbal?

Por este motivo, é importante conhecemos os Florais de Bach e demais sistemas florais profundamente, antes de nos aventurarmos a escolhermos as essências para nós mesmos ou indicarmos para terceiros, principalmente para este público de seres tão sensíveis.

A questão é que toda planta apresenta um equilíbrio perfeito entre sua qualidade de cura sutil e o oposto a esta, ajudando-nos a desenvolver este equilíbrio em nós mesmos.

A pessoa em estado negativo de Heather, tal como apresentado na descrição acima, não consegue ficar sozinho(a), em silêncio, consigo mesmo(a). Precisa ter a companhia constante de alguém para falar, falar e falar, muitas vezes, deixando seu interlocutor tonto. Ninguém gosta de ficar perto de uma pessoa Heather… Ela suga nossa energia e precisa  sempre ser o centro das atenções: seus problemas são os maiores do que os de todos os seres do mundo…

Heather na Escócia Rosana Souto

Heather cresce de Portugal à Escócia e, por onde passa, suga todos os nutrientes do solo

O que as pessoas que agem assim têm em comum com o autista? Ora, o que aproxima o extrovertido do introvertido em demasia é que ambos, de uma forma ou de outra,  sempre terminam sendo o centro das atenções – em qualquer lugar que estejam; no mundo, na família, nas escolas, num relacionamento…. Tudo gira em torno das pessoas “ensimesmadas” ou, de certa forma,  egocêntricas e/ou egoístas – pessoas que querem tudo para si ou são unicamente voltadas para si mesmas, para seus problemas, sem sequer enxergar, escutar ou ajudar ao próximo.

Heather em vaso no Bach Centre

Heather em vaso, no Bach Centre

O autista não têm consciência deste padrão – age em função de seu comprometimento neurológico. No entanto, assim como aqueles no estado negativo de Heather, termina sendo o centro da atenção de todos . Por este motivo, Heather tem sido muito útil para este público também,  favorecendo a interação social dos mais retraídos, o desenvolvimento da fala, a tendência a ecolalia, bem como outros hábitos típicos de um comportamento autocentrado.

No entanto, há uma outra questão que envolve Heather e a grande profusão de seres autistas, vindos nestas últimas décadas. O que eles estão nos mostrando? O que eles têm para nos ensinar – não só em nossos lares, mas em todo planeta?

De que sofre a humanidade? Por que precisamos ficar em casa nesta época do COVID 19? É só por nós mesmos? O que estamos fazendo para o próximo e para o planeta?

Dentre as causas pesquisadas com relação ao aumento do autismo (embora muitas autoridades ainda contestem, até que existe aumento!), está a questão dos fatores ambientais (poluentes do ar e do solo).  O autista de hoje é um tanto diferente do autista de outrora, daí serem enquadrados num espectro de manifestações. Estes seres que vem atraindo a atenção de todos com seu jeito de ser, trazem um ensinamento muito maior para a humanidade – um ensinamento de amor, de respeito à diversidade, de humildade, compaixão e de cuidado ao próximo.

Por este motivo, Heather é a essência fundamental não só para eles, mas para todos nós. É ela que nos ajuda a equilibrar o dar e o receber, o falar e o escutar para acolher não só nossas necessidades, mas as daqueles em sofrimento também. É ela que nos ajuda a desenvolver a compaixão e a solidariedade para com o próximo com vistas a um mundo mais fraterno e justo.

Rosana em meio à Heather Abergavenny

Eu em meio à Heather, nas colinas de  Abergavenny, País de Gales

P.S – Devido à grande sensibilidade do autista, todo tratamento floral precisa ser acompanhado por um terapeuta floral experiente e capacitado para atender este público. A Ação Floral Solidária TEA ou o Projeto Jardim Azul continuam ativos e prontos a atender quem deseja experimentar o que esta terapêutica natural e gentil tem a oferecer ao público autista.

Para aqueles que desejarem aprofundar-se no uso das essências florais para este público, segue o link do meu curso à distância na plataforma da Healing Florais.

https://healing.com.br/loja/cursos/autismo-essencias-florais-na-qualidade-de-vida-de-pessoas-com-transtorno-do-espectro-autista-e-seus-familiares-aborda-sistema-bach-saint-germain-e-california

Para saber mais sobre a abordagem da Terapia Floral no autismo, acesse o vídeo” O uso dos florais na Educação e no Autismo”, na página dos vídeos.

Esse post foi publicado em Dicas de florais e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Heather (Florais de Bach) – uma essência floral chave para o desenvolvimento maior do autista e para a evolução da humanidade

  1. May Mary Jane Pinto Nascimento disse:

    Olá, gostaria de saber se você atende à distância.
    Grata
    May

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.